Como podemos ajudar você?

Inverno Solidário distribui kits para população em extrema vulnerabilidade

Para assegurar a proteção socioassistencial, sanitária, instrutiva e alimentar da população em situação de rua, principalmente durante o período mais frio do ano, a Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, em parceria com o Fundo Social, Defesa Civil e Polícia Militar, distribuíram 5,5 mil kits para pessoas em extrema vulnerabilidade, na última sexta-feira, 10 de julho.

Tenda Franciscana

Os locais escolhidos para esta ação foram a Tenda Franciscana, no Largo São Francisco, na região central da capital paulista, desenvolvida pelo SEFRAS (Serviço Franciscano de Solidariedade) para o combate à pandemia da Covid-19; e a Comunidade Viaduto, situado nas proximidades da Avenida Alcântara Machado e Rua Piratininga, também na região central da capital.

“Estamos acompanhando todos os desdobramentos da pandemia da Covid-19 e temos agido com celeridade para estender o manto da proteção social àqueles que mais necessitam. Com esta iniciativa, podemos garantir com um kit o atendimento pontual e integral destas pessoas em situação de rua”, explicou Célia Parnes, Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo.

Conteúdo do kit

Todos os kits contem frasco de álcool gel, sabonetes, máscaras de pano, cobertor, água mineral, pacote de biscoitos e um manual com orientações dos serviços de atendimento da assistência social.

A composição dos kits foi planejada com o intuito de atender pontual e integralmente a população em situação de rua, fornecendo itens de higiene, de segurança sanitária e alimentar, de equipamentos de prevenção ao coronavírus e de materiais de instrução dos locais de assistência social com os horários de funcionamento.

Consequências socioeconômicas

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a pandemia da Covid-19 vai trazer sérias consequências socioeconômicas à América do Sul e a recomendação é que o poder público implemente medidas de bem-estar social, como a garantia da alimentação e de outros itens essenciais durante a crise.

“Seguindo as recomendações dos órgãos de saúde e da ciência, o Governo do Estado de São Paulo continuará dando o exemplo de rapidez e assertividade na formulação de política públicas abrangentes à população em situação de rua e em extrema vulnerabilidade social”, finaliza Célia Parnes.

Saiba como fazer a sua doação

Durante a campanha, o recolhimento dos cobertores novos se dará pela disponibilização de caixas em estabelecimentos parceiros da ação social.

As doações recebidas serão destinadas para entidades sociais, entre elas hospitais e centros de acolhida em todos os municípios do Estado de São Paulo. Para fazer uma doação acesse: invernosolidario.sp.gov.br