São Paulo se mobiliza contra Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

Eventos relacionados a data de 18 de Maio ocorrerão em todo Estado. Uma programação especial será realizada pela Secretaria de Desenvolvimento Social, como um Seminário e a exibição do filme “Sonhos Roubados”

São Paulo, 10 de maio de 2013 – A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Seds), municípios paulistas e diversos parceiros estão mobilizados para realizar uma série de eventos alusivos ao 18 de Maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes.

As atividades são variadas e descentralizadas, abertas ao público convidado para refletir e atuar pela garantia de direitos da infância e juventude. As atividades começam na próxima semana, 13/5, abrindo com a exibição do filme "Sonhos Roubados", dirigido por Sandra Wernek.

A ação contará com a participação dos debatedores Eliane Trindade (jornalista e autora do livro que inspirou o filme “As meninas da Esquina”) e João Carlos da Franca (da organização Projeto Camará), promovido pela Seds em parceria com o Espaço Cinema Itaú (Shopping Frei Caneca – R. Frei Caneca, 569).

O filme conta a trajetória de três adolescentes que acabam encontrando na prostituição uma saída para a sobrevivência. Os ingressos podem ser retirados 1h antes da exibição.

No dia 21, das 14h às 17h, será realizado o Seminário Política de Enfrentamento e Prevenção a Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes - Série Dialogando.

O evento é promovido pela Secretaria de Desenvolvimento Social em parceria com a Prefeitura de São Paulo e Comitê de Enfrentamento à Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes (Cemesca).

Entre os assuntos que serão abordados estão: trabalho em rede, intersetorialidade e interdisciplinaridade; atendimento nos serviços da Assistência Social; vulnerabilidade dos adolescentes transexuais e travestis; comitês como estratégia de enfrentamento à violência sexual; e rearticulação do Comitê Estadual de São Paulo.

O Seminário será realizado no Auditório da Seds (R. Bela Cintra, 1.032). Para confirmar presença, enviar e-mail para aromeu@sp.gov.br, informando nome completo, instituição, município e profissão.

POR QUE O 18 DE MAIO?
Nesse dia, em 1973, uma menina de Vitória/ES foi sequestrada, espancada, estuprada, drogada e assassinada. Seu corpo apareceu seis dias depois, desfigurado por ácido.

Os agressores jamais foram punidos. O movimento em defesa dos direitos de crianças e adolescentes, após uma forte mobilização, conquistou a aprovação da Lei Federal 9.970/2000 que instituiu o 18 de Maio como Dia Nacional de Combate ao Abuso Sexual Contra a Criança e Adolescente.

Seu objetivo é mobilizar a sociedade brasileira e convocá-la para o engajamento pelos direitos de crianças e adolescentes e na luta pelo fim da violência sexual.

Veja alguns dos eventos programados em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual Contra Crianças e Adolescentes que serão realizados no Estado.

O objetivo da mobilização é dar continuidade ao trabalho de prevenção a partir do fortalecimento das articulações com a rede de atendimento e conscientizar a população e os profissionais que atuam diretamente no atendimento desse público:

13/05 a 15/05, às 15h30 - Garça: Reunião com profissionais da Secretaria da Saúde. Tema: "A violência sexual e a articulação em rede".

13/05 a 18/05 - Garça: Divulgação no Jornal Comarca e na Rádio Universitária e Centroeste sobre o fenômeno da violência sexual e exploração sexual, como denunciar (Disque 100 e Conselho Tutelar) e o caso específico da menina Araceli.

14/05 – Botucatu: realizado pela Prefeitura Municipal, o público alvo será adolescentes. Profissionais do Serviço de Proteção Social Especial participarão do evento como palestrantes.

14/05, 8h30 – Bauru: Encontro Municipal “Faça Bonito e Proteja Nossas Crianças e Adolescentes” – Campanha Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, realizada na OAB Bauru (Av. Nações Unidas, 30-30). Mesa redonda: secretária municipal Darlene Martin Tendolo; Prof. Dr. Rinaldo Correr; Profª. Drª. Cristiane Carrijo Eckharalt Mouammar; psicóloga especialista Rosângela Motta Vaz.

14/05, 15h – Bauru: Câmara Municipal promoverá audiência pública sobre o Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes (Praça Dom Pedro II, 215).

14/05, das 9h30 às 13h – Botucatu: Encontro com técnicos municipais dos Cras e Creas para tratar do Sistema de Atendimento Socioeducativo a crianças e adolescentes. Com Edson Gonçalves Pelagalo Oliveira e Silva (diretor da Proteção Social Especial) e Janete da Silva Lopes (técnica da Proteção Social Especial), ambos da Seds. Local: Creas - Rua Silva Jardim, 395.

14/05, das 14h30 às 15h30 – Botucatu: Evento em alusão ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual, participação de adolescentes acima de 12 anos. Com Nazira Levy Brudniewski e Maria de Fátima Nassif (técnicas da Proteção Social Especial da Seds). Local: Teatro Municipal de Botucatu - Praça Coronel moura, 27 – Centro.

17/05, 9h – Porangaba: Palestra para os Adolescentes do Programa Ação Jovem com a psicóloga Roseland Araújo Curci. Local: Centro Cultural.

17/05 – São Paulo: Evento do Parque da Juventude. Participarão cerca de 600 pessoas, sendo 450 crianças e adolescentes dos serviços da rede de atendimento direta e conveniada da Smads. Atividades de jogos de cooperação e, ao final de cada atividade, os participantes falam sobre o princípio que aprenderam no jogo. Apresentações culturais: Cemesca, Prefeitura de São Paulo, Grupo de rearticulação do Comitê Estadual.

17/05 – Bauru: Mobilização na Sebes com a população que aguarda atendimento.

17/05, 14h – Bauru: Caminhada com saída da Praça Machado de Melo, com percurso no Calçadão da Batista e chegada à Praça Rui Barbosa.

17/ 05, 8h30 às 12h – Marilia: Circuito de Palestras: “Um olhar sobre o abuso e a exploração sexual infanto-juvenil” (com psicólogo e conselheiro Valci Silva); “As violências no contexto familiar e a eficácia prática das decisões judiciais. Um diálogo multidisciplinar” (com a juíza de Direito da 2ª Vara Cível de Tupã Danielle Rafful Kanawaty); “A vítima de estupro perfeita” (com a advogada e delegada de Polícia aposentada Telma Tulim).

18/5, às 9h – Marília: Caminhada de conscientização. Saída da Secretaria de Cultura. 18/05 – Anhembi: Em parceria com o Conselho Tutelar será confeccionado cartazes para pregar na cidade com o tema.

21/05, às 14h30 - Garça: Reunião com diretoras e coordenadoras da Rede de Ensino Municipal de Garça. Orientação do tema, trabalho em rede, importância da identificação, denúncia e do encaminhamento dos casos para o Creas.

22/05, 9h – Bauru: Palestras para a população atendida nos Cras sobre Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Local: Cras Tibiriçá (Praça IX de Julho quadra 4, s/n).

23/05, 9h – Bauru: Palestras para a população atendida nos Cras sobre Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Local: Cras Ferraz – Rua Bolívia, 6-63.

24/05, 9h – Bauru: Palestras para a população atendida nos Cras sobre Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Local: Pólo Vila Garcia – Rua Kenpe Togashi quadra 1, s/n.

27/05, 9h – Bauru: Palestras para a população atendida nos Cras sobre Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Local: Cras Santa Cândida – Rua Lázaro Cleto, 1-43.

28/05, 14h – Conchas: Palestra socioeducativa e conscientização sobre a Campanha contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Renata Gobatti

Voltar para o topo