Modernização tecnológica de programas sociais como prioridade de gestão em São Paulo

Nova ferramenta on line organizará o gerenciamento de programas sociais executados no Estado

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

imagem

Secretário Floriano Pesaro e Marcos Monteiro (Planejamento) discutem estratégias para unificação de cadastro

Nesta segunda-feira (12/9), os secretários de Estado de Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro e o secretário de Planejamento, Marcos Monteiro estiveram reunidos para traçar as próximas etapas da implementação do Portal Social, uma nova plataforma de gestão dos programas sociais executados no Estado de São Paulo.

Além de organizar e gerenciar os programas em um sistema online, a proposta também prevê o fortalecimento do CadÚnico – que reúne todos os cadastros das famílias beneficiárias de programas sociais nos 645 municípios do Estado.

A ideia de potencializar o CadÚnico tem como objetivo final promover uma gestão mais eficaz com qualidade e equidade junto as famílias em situação de extrema pobreza.

Somente no campo dos programas de transferência de renda, atualmente mais de 1,6 milhão de famílias recebem renda por meio dos programas Renda Cidadã, Renda Idoso, Ação Jovem e Bolsa Família.

Com a integração do CadÚnico ao Portal Social será possível evitar duplicidade em cadastros e com isso elencar as reais necessidades de cada família.

A proposta maximiza recursos públicos para maior eficácia junto as reais necessidades das famílias em situação de vulnerabilidade social.

Voltar para o topo