Conselho Estadual de Assistência Social promove encontro preparatório para 11ª Conferência Nacional

Conselheiros estaduais, municipais e do distrito federal de assistência social, gestores, usuários e trabalhadores dos SUAS, entidades e acadêmicos participaram da reunião

imagem

DSC_9606

imagem

DSC_9607

imagem

DSC_9611

imagem

DSC_9619

imagem

DSC_9626

imagem

DSC_9627

imagem

DSC_9646

imagem

DSC_9663

imagem

DSC_9702

imagem

DSC_9752

O Conselho Estadual de Assistência Social (CONSEAS) em parceria com a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS) realizou na terça-feira (04/04) reunião descentralizada e ampliada do Conselho Nacional de Assistência Social (CNAS). A proposta do encontro foi orientar os municípios, estados e o distrito federal, na reflexão e no debate do tema da 11ª Conferência Nacional de Assistência Social na garantia de direitos no fortalecimento do SUAS (Sistema Único de Assistência Social). O evento aconteceu na Uninove, Campus Vergueiro, em São Paulo.

O Secretário de Estado de Desenvolvimento Social e representante do Fórum Nacional de Secretários de Estado da Assistência social (Fonseas), Floriano Pesaro compôs a mesa de abertura juntamente com Fábio Moassab Bruni, presidente do CNAS, Maria do Carmo Brandt, secretária nacional de assistência social, Rita de Cássia Quadros Dalmaso, presidente do Conselho Estadual de Assistência Social de São Paulo (CONSEAS), Magali Basile, representante do Colegiado de Gestores Municipais de Assistência Social (Congemas) e o reitor da Universidade Uninove, Eduardo Storopolis. 

Participaram do encontro os conselheiros estaduais, municipais e do distrito federal de assistência social, gestores, usuários e trabalhadores dos SUAS, entidades de assistência social, estudiosos da área e, desta forma, fortalecer a integração e oportunizar o debate sobre assuntos e pautas de interesses comuns à política pública. 

Para o secretário Floriano, não podemos aceitar nenhum direito ou recurso a menos. “Nosso país atravessa uma grave crise e setores essenciais, como saúde e educação, são preservados, o mesmo deve ocorrer com a assistência social”. Segundo o secretário, esse resultado, depende da ação dos colegiados e da ação legislativa no Congresso Nacional. “Devemos proteger o tripé da Seguridade Social, disse Floriano. 

Para a presidente do Conseas, Rita Dalmaso, a reunião foi fundamental por tratar de um espaço que agrega e articula os diversos atores da Assistência Social, conselheiros estaduais e municipais de todos os estados, gestores, usuários, organizações sociais e trabalhadores do SUAS. Para ela, no SUAS, ainda temos muito a avaliar e avançar para que de fato tenhamos uma Política de Assistência Social consolidada. “As Conferências são espaços onde são oportunizados o debate e a avaliação da política pública, onde sociedade civil e governo se articulam para avaliação e proposituras de novas diretrizes. Os dois dias foram propícios para as orientações do CNAS para a realização da Conferências”, disse Rita.

Voltar para o topo