SP discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

Série Dialogando 2017 possibilitou trocas de conhecimentos que contribuirão para a qualificação e reflexão da Política de Assistência Social no Estado de SP

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

imagem

Série Dialogando discute o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Proteção Social Básica

A Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo (Seds) promoveu, nesta quinta-feira, 1º de junho, o 11º encontro da Série Dialogando 2017, com o tema “Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos: limites e estratégias". O evento aconteceu das 8h30 às 13h, no Auditório da Seds e contou com a presença de técnicos e gestores dos diferentes serviços sociais. 

A Série tem como principal objetivo a troca de conhecimentos e experiências que contribuam para a reflexão e qualificação dos profissionais acerca de temas da Política de Assistência Social. A 11ª edição debateu a importância de conviver com as diferenças; conhecer o território de atuação; trabalho socioeducativo em grupo; a atuação dos profissionais da Política de Assistência Social; a necessidade da capacitação permanente e a manutenção de vínculos com os usuários. 

Ministraram as palestras a técnica da Proteção Social Básica da Seds e especialista em políticas públicas para idosos do Programa São Paulo Amigo do Idoso, Elaine Moura, o Agente do Desenvolvimento Social da Drads de Marília, Paulo Henrique Bonfim Xavier, a pesquisadora do Núcleo de Estudos Pós-graduandos em Serviço Social da PUC-SP, Tatiana Domingues, a Diretora de Promoção Social e Gestora Municipal de Assistência Social da Prefeitura de Américo Brasiliense, Deise Gonçalves, o Chefe de Setor de Assistência Social de Américo Brasiliense, Caetano Gonçalves e a Doutora em Serviço Soical e consultora em Educação Permanente na Assistência Social, Stela Ferreira. Participaram do encontro a coordenadora de Ação Social da CAS, Tatiane Magalhães, Técnicos e gestores dos diferentes serviços e diretores de Drads. 

O Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos atende à população que vive em situação de vulnerabilidade social decorrente da pobreza, privação ou fragilização de vínculos. Este serviço faz parte das ofertas da Proteção Social Básica, que busca prevenir situações de risco por meio do desenvolvimento de potencialidades, aquisições e do fortalecimento de vínculos familiares e comunitários. 

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro, destacou a importância de debates para fortalecer a Assistência Social. “A Série Dialogando traz temas enriquecedores para os profissionais dos municípios e Estado, possibilitando a qualificação dos serviços socioassistenciais”, disse Floriano. 

Para a palestrante Stela Ferreira, doutora em serviço social e consultora em educação permanente na assistência social, o trabalho na Assistência tem um valor enorme. Quanto mais perto do usuário, melhor para a população. “O serviço público não é parede é processo de trabalho. Temos que saber que convivência é proteção”, lembrou Stela.   

A Série Dialogando 2017 é uma iniciativa da Coordenadoria de Ação Social (CAS), em parceria com a Escola de Desenvolvimento Social de São Paulo (Edesp), e tem como objetivo organizar um debate por mês para discutir temas sobre a Política de Assistência Social. 

PROGRAMAÇÃO - SÉRIE DIALOGANDO 2017

8h30 às 9h30: Recepção / Café

9h30 às 09h40: Abertura: Tatiane Souza Magalhães, coordenadora de Desenvolvimento Social da CAS

9h40 às 10h10:  Introdução ao tema / Mediação - Elaine Cristina Silva de Moura

Minicurrículo: Graduada em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo, com especialização em Sociopsicologia pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESP). Técnica da Proteção Social Básica da SEDS e Especialista em Políticas Públicas para Idosos do Programa São Paulo Amigo do Idoso.

10h10 às 10h40:  Palestra 1: Experiências do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos na Região de Marília - Paulo Henrique Bonfim Xavier

Minicurrículo: Agente de Desenvolvimento Social desde abril/2009 na SEDS / Diretoria Regional de Marília. Graduado em Ciências Sociais pela UNESP/Marília. Membro do GT do Programa Recomeço Família. Docente do CapacitaSUAS em 2016.

10h40 às 11h10: Palestra 2 - Trabalho Socioeducativo e a atuação dos profissionais que executam o Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - Tatiana Domingues

Minicurrículo: Mestre em Serviço Social (2009) e doutoranda em Serviço Social pelo Programa de Estudos Pós-graduados em Serviço Social da PUC-SP. Experiência como gestora na política de Assistência Social no campo da Proteção Social Especial e o Trabalho Social com famílias. Atualmente é pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa em Seguridade e Assistência Social (NEPSAS) do Programa de Estudos Pós-graduados em Serviço Social da PUC-SP. É docente e coordenadora do curso de Serviço Social da FMU e do CapacitaSUAS.

11h10 às 11h40: Palestra 3 - Experiência do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos no município de Américo Brasiliense - Deise Maria Dótele e Caetano Emanoel Mascia Beretta Gonçalves

Minicurrículo (Deise Maria Dótele): Psicóloga, bacharel e licenciada em Psicologia desde 2006, com formação em Terapia Comunitária pela Abratecom e UNESP - Araraquara. Trabalha na Prefeitura Municipal de Américo Brasiliense desde 7 de novembro de 2005. Chefe do setor de Assistência Social e coordenadora do CRAS; responde como Diretora de Promoção Social e Gestora Municipal de Assistência Social.

Minicurrículo (Caetano Emanoel Mascia Beretta Gonçalves): Graduado em Psicologia (Bacharelado, Licenciatura e Formação de Psicólogo) pela UNESP - Assis no ano de 2006. Em junho de 2011, foi contratado como psicólogo do CRAS, atuando como técnico de referência dos serviços de Proteção Básica, em especial do SCFV. Em 2014, foi nomeado Chefe de Setor de Assistência Social, função em que responde pelos atendimentos de Proteção Social Especial, gestão do Programa Bolsa Família e coordenação do serviço de medida socioeducativa em meio aberto.

11h40 às 12h10: Palestra 4 - Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos: limites e estratégias à luz da Concepção de Convivência e Fortalecimento de Vínculos - Stela Ferreira

Minicurrículo: Graduada em Ciências Sociais pela USP (1998), Mestre (2010) e Doutora em Serviço Social pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (2015). Consultora em Educação Permanente na Assistência Social em âmbito federal e municipal. Atua desde 2003 na formação de trabalhadores da política pública de Assistência Social (cursos de especialização, atualização e aperfeiçoamento).

12h10 às 12h50: Debate sobre os temas.

12h50 às 13h: Encerramento

 

Assessoria de Imprensa

Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social

Fone: (11) 2763-8323/ (11) 2763-8131 / (11) 9 9905-3049

socialsaopaulo@gmail.com

Voltar para o topo