Governo de SP apresenta modelo de república para idosos

O evento aconteceu nesta terça-feira (10/10), na capital, e teve como objetivo discutir novas possibilidades para o Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

imagem

SP realiza II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade

Nesta terça-feira, dia 10 de outubro, das 8h30 às 17h, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (SEDS), realizou o II Encontro Técnico de Alinhamento do Programa Vila Dignidade. A iniciativa faz parte das ações do mês de conscientização dos direitos da pessoa idosa. O evento ocorreu na EFAP (Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Professores) e teve como objetivo dar visibilidade às experiências   municipais, apresentar o modelo de república para idosos no Programa Vila Dignidade, uma ação intersetorial do Programa São Paulo Amigo do Idoso. 

A abertura do evento foi realizada pela Coordenadora da Coordenadoria de Ação Social, Tatiane Magalhães, contou com participação de gestores e técnicos de 18 municípios, da Secretaria de Desenvolvimento Social de SP, da Secretaria de Habitação, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU) e das Diretorias Regionais de Assistência Social (DRADS). 

A representante da Gerência de programa para demandas Específicas da CDHU, Maria Claudia Brandão, apresentou o objetivo, as parcerias e legislações do Programa. Vila Dignidade. Sonia Martins, da Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano destacou a dimensão física e a importância de aprimoramento para a gestão social dos equipamentos.

Os municípios de Caraguatatuba, Tupã e Limeira apresentaram as experiências na gestão das Vilas. 

De acordo com a especialista em políticas públicas para idosos da SEDS, Elaine Moura, o encontro entre gestores e técnicos foi fundamental para propor novas alternativas de acolhimento à pessoa idosa no estado de SP. “A república é um modelo inovador pois prioriza a autonomia e a independência dos idosos”, disse. 

Para o secretário de Estado de Desenvolvimento Social de São Paulo, Floriano Pesaro, promover encontros entre os atores envolvidos contribuem na gestão social do Programa com foco na oferta de moradia e proteção social dos idosos mais vulneráveis. 

Além dos participantes das Diretorias Regionais de Assistência e Desenvolvimento Social (DRADS), participaram do evento gestores e técnicos municipais responsáveis pelo Programa Vila Dignidade. Estiveram também as equipes técnicas da CDHU e da Secretaria de Habitação. 

Sobre o Programa: O Programa Vila Dignidade, criado em 2009, atende idosos independentes e em situação de vulnerabilidade social. Visa a construção de equipamento público, constituído por moradias gratuitas e adaptadas, em pequenas vilas, projetadas segundo conceitos do Desenho Universal, com áreas de convivência social, garantindo acompanhamento social permanente aos idosos, integrado à rede de serviços do município. 

É realizado por meio de uma parceria entre a SEDS, a Secretaria de Habitação, a CDHU (Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo) e os 18 municípios que tem Vila Dignidade: Araraquara, Avaré, Botucatu, Caraguatatuba, Itapeva, Itapetininga, Ituverava, Jaú, Jundiaí, Laranjal Paulista, Limeira, Mogi das Cruzes, Mogi Mirim, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Sorocaba e Tupã.

Voltar para o topo