Como podemos ajudar você?

Perguntas frequentes: SP Acolhe

O que é o Programa SP Acolhe?

É um programa de transferência de renda para famílias que perderam pelo menos um membro do núcleo familiar por Covid-19 desde o começo da pandemia. Iniciativa do Governo do Estado de São Paulo para o enfrentamento dos desafios impostos pela pandemia da Covid-19, amparando a população em maior fragilidade social. É coordenado pela Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo.

 

Quem é o público-alvo?

O público-alvo da ação SP Acolhe são famílias inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) com renda mensal de até 3 salários-mínimos.

 

Quem será beneficiado?

O programa vai beneficiar famílias com benefício no valor de R$ 1.800,00, que será pago em 6 parcelas mensais no valor de R$ 300,00, entre os meses de julho e dezembro de 2021.

 

Quais são os critérios para participar do programa?

Famílias cadastradas no Cadastro Único para programas Sociais do Governo Federal até a data de 19/02/2021, devendo o cadastro da família estar atualizado no período de até 24 (vinte e quatro) meses;

Registro de pelo menos um óbito de membro familiar pela doença do coronavírus Sars-CoV-2 (COVID-19) de acordo com os registros oficiais do Sistema de Informação de Vigilância da Gripe (SIVEP-Gripe). Óbitos registrados até 21 de junho de 2021;

Renda mensal de até 3 salários mínimos;

São consideradas todas as estruturas familiares, com filhos de todas as idades, exceto a unifamiliar.

 

As famílias vão precisar fazer algum tipo de inscrição para receber o recurso?

Não é necessário fazer inscrição. As famílias podem conferir se tem direito a esse auxílio efetuando a consulta com o número do NIS no site www.bolsadopovo.sp.gov.br

 

A partir de quando será pago o benefício?

O benefício é pago mensalmente, sendo que a 1ª parcela esta disponível para saque

 

De que forma esse dinheiro vai chegar até as famílias?

Clique aqui para saber o passo a passo de como sacar o benefício.

 

A minha família é elegível ao benefício do SP Acolhe. Quem da minha família irá receber o benefício?

O benefício será pago prioritariamente para o(a) responsável familiar. Na ausência desse(a) responsável, o benefício será pago seguindo a sequência dos membros da família cadastrados no CadÚnico (pessoas maiores de 16 anos).

Para receber o benefício, é necessário que o CPF esteja regular junto à Receita Federal.

 

Como eu vou receber a 1º parcela do meu benefício do SP Acolhe?

A 1º parcela do benefício está disponível por meio do número de protocolo (código individual) e senha disponibilizados na área restrita do site do Programa Bolsa do Povo (www.bolsadopovo.sp.gov.br). Para visualizar o protocolo e a senha você deve inserir o código da sua família constante no CadÚnico.

O protocolo e senha deverão ser utilizados para saque do benefício.

O protocolo e senha estão disponíveis prioritariamente para o(a) responsável familiar. Na ausência desse(a) responsável, o benefício será pago seguindo a sequência dos membros da família cadastrados no CadÚnico (pessoas maiores de 16 anos, com CPF sem restrições).

Atenção: o protocolo e senha para saque da 1º parcela do benefício são informações pessoais e intransferíveis. Não compartilhe essas informações com pessoas que não sejam da sua confiança. Qualquer pessoa com essas informações pode sacar em dinheiro o valor do benefício.

 

Como eu posso acessar o protocolo e senha para realizar o saque da 1º parcela do meu benefício do SP Acolhe?

Acesse o site do Programa Bolsa do Povo (www.bolsadopovo.sp.gov.br), entre na área restrita e acesse o número de protocolo (código individual) e senha disponibilizados. Para visualizar o protocolo e a senha você deve inserir o código da sua família constante no CadÚnico.

O protocolo e senha estão disponíveis prioritariamente para o(a) responsável familiar. Na ausência desse(a) responsável, o benefício será pago seguindo a sequência dos membros da família cadastrados no CadÚnico (pessoas maiores de 16 anos, com CPF sem restrições).

Atenção: o protocolo e senha para saque da 1º parcela do benefício são informações pessoais e intransferíveis. Não compartilhe essas informações com pessoas que não sejam da sua confiança. Qualquer pessoa com essas informações pode sacar em dinheiro o valor do benefício.

 

Como eu posso sacar a 1º parcela do meu benefício do SP Acolhe?

Com o protocolo (código individual) e senha em mãos, você poderá sacar a 1º parcela do seu benefício nos terminais de autoatendimento do Banco do Brasil, terminais de autoatendimento do Banco 24 horas e correspondentes no País do Banco do Brasil.

 

Posso sacar apenas uma parte do valor disponibilizado?

Não, o valor total disponibilizado deve ser sacado todo de uma vez.

 

Vou receber o benefício do SP Acolhe, eu terei 2 protocolos e senhas para o saque, um para cada benefício?

Não, o benefício do SP Acolhe será disponibilizado para saque no mesmo número de protocolo (código individual) e senha.

Atenção: o protocolo e senha para saque da 1º parcela do benefício são informações pessoais e intransferíveis. Não compartilhe essas informações com pessoas que não sejam da sua confiança. Qualquer pessoa com essas informações pode sacar em dinheiro o valor do benefício.

 

Minha família é elegível ao benefício do SP Acolhe, porém o meu CPF está irregular junto à Receita Federal. O que eu faço?

Para receber o benefício regularize o seu CPF na Receita Federal. Para regularizar o seu CPF, clique aqui ou acesse o link: https://www.poupatempo.sp.gov.br/wps/portal/portalpoupatempo/receita/regularizacaoSituacaoCpf.

 

Errei três vezes as informações do protocolo e senha no saque e fui bloqueado. O que eu faço?

Entre em contato com a Central de Atendimento Bolsa do Povo: 0800 7979 800 ou pelo Whatsapp (011) 98714-2645.

 

Como posso saber qual caixa 24 horas e/ou os correspondentes bancários mais pertos de mim?

Acesse a lista e faça uma busca pela sua cidade.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a Central de Atendimento Bolsa do Povo: 0800 7979 800 ou pelo Whatsapp (011) 98714-2645.

 

O que é o Código Familiar?

O código familiar é diferente do número do NIS, extraído do Cadastro Único. Caso você não tenha o número deste código, solicitar no CRAS.

 

Central de Atendimento

0800 7979 800

 Atendimento: Segunda a Sexta feira, das 8h às 18h

 Atendimento Eletrônico: 24h