Como podemos ajudar você?

Governo de SP inicia campanha “Vacina contra a Fome”

Governo de SP inicia campanha “Vacina contra a Fome”

Ação no ABC Paulista nesta segunda-feira (5) marcou o início da mobilização promovida pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social

A Secretária de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo, Célia Parnes, acompanhou na manhã desta segunda-feira (5) as primeiras doações de alimentos não perecíveis para a campanha “Vacina contra a Fome”, no posto drive-thru de vacinação localizado no Paço Municipal de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. A gestora estadual participou da ação, que marca o início da mobilização em todo o Estado, acompanhada da deputada estadual e primeira dama do município, Carla Morando.

“O engajamento dos municípios paulistas e de toda a população nessa importante campanha de combate à fome é força motriz para enfrentarmos juntos esta pandemia, garantindo alimento no prato de muitas famílias em situação de vulnerabilidade”, destacou Célia Parnes, Secretária Estadual de Desenvolvimento Social.

A campanha, promovida pelo Governo do Estado de São Paulo por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, visa sensibilizar e mobilizar a população paulista apta à imunização contra a covid-19 para que doe alimentos não perecíveis nos postos de vacinação. Os alimentos arrecadados serão distribuídos às famílias em maior vulnerabilidade social e insegurança alimentar.

Até o momento, 408 municípios paulistas já aderiram à campanha. As prefeituras podem aderir no site http://www.vacinacontraafome.sp.gov.br. Além do termo de adesão, a página online oferece kits de divulgação para download e uso livre pelas administrações municipais para estimular a adesão popular às doações.

O Estado recomenda que os municípios participantes instalem pontos de arrecadação nos postos de vacinação contra a Covid-19, e que a distribuição de mantimentos, que será feita pelas próprias prefeituras, aconteça mediante a entrega de senhas, a fim de evitar a aglomeração, ou, quando possível, através de agendamento de horário, conforme estabelecido por cada cidade.